Aumentos salariais e a concorrência na área de TI por bons profissionais

Olá pessoal, queria contar algumas coisas especificas da minha área, não duvido que isso aconteça também com outras áreas mas não vejo muito falar então suponho que não aconteça tão frequentemente como na área de TI, este artigo é mais uma reflexão mesmo, espero que gostem.

Já devo ter falado em posts anteriores mas a minha área de TI, e o meu cargo em específico (Programador, também conhecido por Analista de Sistemas dependendo da empresa/necessidade) é muito concorrido no mercado de trabalho, pois existe muita demanda e pouca mão de obra qualificada, principalmente na região que trabalho.

Se você parar pra pensar TI está em tudo hoje em dia, existem centenas de empresas que nasceram na internet e dependem da tecnologia para existir (startups diversas, poderia ficar dando exemplos aqui o post inteiro) e com essa dependência logo vem a necessidade de ter mão de obra especializada.

Como minha área não é regulamentada existe todo tipo de "profissional", desde os picaretas até os mitos que pedem 100, 120, 150 reais a hora (16 a 24k/mês, muito acima da média do salário padrão de TI) pra resolver problemas complexos que ninguém mais irá resolver por não ter o conhecimento específico para aquele problema.


Por conta disso aumentos salariais acabam sendo bem comuns nesta área, e geralmente bons aumentos. Vou citar meu exemplo salarial (com valores reais, sem enrolação, até pra vocês terem uma noção de quanto mais ou menos esta área paga e quem sabe investirem nela um dia): entrei na empresa atual em Julho de 2017 com um valor hora de 43 reais (6.880k considerando 160h mensais que são 20 dias úteis * 8h), bem abaixo do padrão até pro meu nível de conhecimento (me considero Desenvolvedor Senior, já que tenho 8 pra 9 anos de experiência na área e a média costuma ser entre 50 e 55, com muita sorte 60), mas aceitei porque estava fora do mercado já a alguns meses em plena crise e meio que juntou a fome com a vontade de comer.

Sabendo que estava ganhando abaixo do valor de mercado já entrei com um acordo de aumentar 2 reais na hora nos primeiros 3 meses. Como consigo aprender rápido as coisas, antes mesmo destes 3 meses eu já estava valendo pra empresa bem mais do que fui contratado, mas tudo bem, entrei sabendo dos valores.

Desde o fim do ano passado pessoas vem saindo da minha equipe (mercado concorrido), acumulando o trabalho pra quem fica, isso de fato é um dos motivos que abandonei o blog por 6 meses. Em Fevereiro um cara muito importante da minha equipe saiu pra algo melhor e na mesma semana meu chefe me chamou na sala dele, dizendo que eu era muito importante (medo de me perder) e que gostava do meu trabalho (essa parte espero que ele tenha sido honesto kk), portanto iria me dar um aumento.

A questão é que nos próximos 2 meses ele me enrolou, me enrolou, me enrolou... até que eu cansei e agora em Abril comecei a procurar emprego, inclusive fiz entrevistas mas para a sorte dele não deu certo, aí é que ele notou e resolveu subir meu salário para 48 mês passado (7.680k) e prometeu (com certeza irei cobrar) para finalmente entrar no começo da média salarial de um Programador Senior e chegar a 52 reais a hora (8.320k) em Julho, quando eu fizer 1 ano de empresa.

Ou seja, terá sido um aumento de 1440 reais em 1 ano, ou 9 reais na hora. Considero uma evolução alta e rápida até, mas ainda estarei um pouco abaixo da média, meu objetivo é ao menos chegar em 55 reais (8.800k) até o fim do ano, até porque quero aportar mais.

Tudo isso pra dizer que a minha área é muito famosa por ser "prostituída", já que o turnover (rotatividade) é muito alta, eu mesmo em quase 9 anos de experiência estou passando pela 10ª empresa, acredite se quiser. Isso pra muitos é ruim, tem gente que fica décadas na mesma empresa até hoje, eu sinceramente nunca me apeguei a isso, sempre preferi obter o máximo possível de experiência nos locais que passei, além é claro do networking, fator importantíssimo em minha área.

Se não fosse revelar minha identidade eu até printaria meu perfil do LinkedIN e postaria aqui, tenho por volta de 20 a 30 visualizações de perfil por semana, a maioria de recrutadores, somos assediados de forma muito forte por empresas em geral, e ainda estou longe de ser um profissional acima da média, luto pra isso, mas atualmente me considero abaixo de outros profissionais disputados por aí, sei que preciso melhorar e aprender umas 10 tecnologias diferentes se quiser dar um boom na minha carreira, mas sei também que tudo leva tempo e devo ir com calma, principalmente em uma área que tudo evoluí tão rápido em tão pouco tempo.

Escrevi demais, faz tempo que não escrevia um "textão", me digam o que acharam, o que pensam disso, se concordam ou discordam que essa "prostituição" da área de TI é boa ou não para os profissionais e se tivessem a oportunidade entrariam de cabeça ou não.

PS: De forma alguma postei os salários aqui pra "se perfazer" ou algo do tipo, apenas para mostrar a minha realidade hoje, sei que inclusive existem na blogosfera pessoas com salários muito maiores que o meu, luto pra chegar lá e alcançar a IF mais rápido. Apenas quis contar um pouco da minha realidade pra vocês.

Abraços.

Comentários

  1. Esse mercado de TI está bem promissor hein!

    Para quem está começando certamente é um texto que vale a pena ser lido.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ministro, essa área é promissora já a um bom tempo, e continua crescendo com vagas sobrando e pouca mão de obra qualificada.

      Agradeço o comentário, abraço.

      Excluir
  2. A área de TI realmente é o futuro né IP. Que graduação você fez? Quais formações você acha que são bacanas para quem quer entrar nessa área?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IFM, é o presente eu diria kk.

      Fiz Análise e Desenvolvimento de Sistemas, hoje conhecido popularmente apenas como Análise de Sistemas ou ADS. Pra ser sincero não vejo a faculdade como algo obrigatório pra entrar na área, apesar de importante.

      Falando especificamente da minha área da pra ser programador aprendendo inicialmente 3 coisas que são essenciais:

      - Lógica de programação
      - Programação Orientada a Objetos
      - Linguagem de Programação (aqui fica a cargo da pessoa, mas as mais usadas são C# e Java, mas tem muitas outras no mercado)

      Recomendo muito os cursos do Udemy.com.br, um site especializado em cursos feitos por pessoas comuns e que toda semana cursos de 400, 500 reais caem pra 20, 30 reais, vale muito a pena aprender por lá.

      Com poucos reais investidos (caso não faça faculdade) e algumas semanas ou meses de estudo já da pra caçar um estágio na área pagando seus 800, 1000 reais por 6h de trabalho.

      Abraço.

      Excluir
  3. Você está certo cara, tem que buscar o melhor, mesmo que seja sair de uma empresa para outra, no meu caso sigo carreira no eb, com salário e promoções amarradas, o conhecimento que vc adquire não é aproveitado ou mesmo valorizado, isso desmotiva qualquer um, o jeito é meter o pé ou abraçar isso, gahahaha.
    Criei um blog, coloquei vc no roll, se puder passar lá mais tarde.. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Seco, obrigado pelo comentário, vou adicionar seu blog sim, valeu pela visita.

      O jeito é sim procurar o melhor pra você e sempre tentar evoluir, não só no salário mas também nos conhecimentos.

      Abraço.

      Excluir

Postar um comentário