Fechamento Maio 2018 - R$ 4144,60 (-R$ 376,10 ou -8.32%)

Olá pessoal, fechamento do mês e como não poderia deixar de ser em queda, esse mês de Maio foi triste para a maioria dos investidores em Bolsa, pra não dizer todos.

É nas quedas que vemos quem é o investidor modinha e quem é o investidor sério

Queda de 10.000 pontos em 1 mês! A vantagem é que pro Buy & Holder é hora de comprar ainda mais! Até o IFIX (índice de fundos imobiliários) sofreu queda este ano.

Não vou postar o que comprei porque fiz um post sobre isso mas basicamente comprei cotas de 3 fundos imobiliários, não é porque a bolsa caiu que deixei de comprar ações, é que como estou aportando menos do que gostaria por enquanto (2 mil mais ou menos) estou investindo mais em FIIs até porque preciso montar a reserva de emergência logo pra me sentir seguro, apesar de já me sentir assim hoje em dia, mas sei que é essencial ter uma reserva pronta pra qualquer emergência.

Vida Financeira

Aporte este mês de R$ 2076,10 (coloquei 30 centavos a mais no post de compras, olhando a nota de corretagem que percebi a diferença).



Carteira de ações inalterada desde o mês passado, com Itaú (ITSA4), Eztec (EZTC3), Tietê (TIET11) e Cemig (CMIG4).



Carteira de FIIs dando boas vindas ao Maxi Renda (MXRF11), FII de papel, CRIs, imóveis, etc. Falarei mais sobre cada FII em um post específico fazendo a minha análise de cada um.

O foco para o mês que vem será aumentar a diversificação comprando mais 1 ou 2 FIIs se possível, os que penso em comprar tem valor de cota umas 8x mais alta do que o de shopping que tenho (ABCP11), então não conseguirei comprar muitas cotas mas o importante é começar.

Como está minha alocação em ações e FIIs hoje, desde o início:


Gráfico de renda passiva (minha ausência de habilidade no Excel é clara observando o gráfico)


Ainda no começo da minha caminhada mas aos poucos chegarei em meus objetivos.

Vida Pessoal

Um mês cheio de gastos e com altos e baixos, na semana que fiz aniversário meu querido avô de 89 anos faleceu, foi bem triste mas faz parte da vida, devemos seguir em frente sempre lembrando das pessoas que amamos e guardando o que de melhor elas tinham a nos oferecer enquanto vivas, feliz por poder participar da vida dele por quase 20 anos da minha vida (antes dos 10 não conto porque não tinha muito consciência das coisas). O bom é que eu moro na rua dos meus avós então sempre que possível estou por lá.

Além disso teve o meu aniversário, a cada ano que passa conheço mais gente (faz parte do networking da minha área) e como sou muito ligado a algumas redes sociais fica até difícil responder e agradecer tanta gente que me felicitou neste dia (dezenas ou centenas, não parei pra contar mas sei que tenho quase 900 amigos no LinkedIN e outros mais de 700 no Facebook além de contatos no WhatsApp, Skype e contatos de trabalho).

Na real eu sou um cara tímido a primeira vista, quando conheço alguém mas me solto muito rápido e acabo sendo bem extrovertido, pego amizade muito fácil com as pessoas, tenho um pouco de dificuldade maior com mulheres mas nada que algumas horas de conversa já não resolvam pra quebrar o gelo.

Em outro post irei falar da minha saúde e do meu peso, estou muito mas muito acima do peso ideal, em um nível perigoso eu diria (muitos médicos concordariam), estou ciente disso e venho me esforçando para mudar e melhorar minha alimentação e incluir mais exercícios além da caminhada. Como tenho um ritmo muito corrido (durmo perto de 0h, acordo as 5h, viajo pro trabalho, durmo de novo no fretado mais 1 hora, chego em casa as 19h e abuso de porcaria no fds, não bebo nem fumo mas tenho problema com doces e refrigerantes).

Esse ano preciso mudar isso, ainda não sei exatamente como mas já tenho umas ideias, voltando pro Low Carb pra mim resolve muito, mas não é o suficiente, tenho um biótipo que engorda muito fácil (endomorfo) então preciso urgentemente colocar exercícios mais pesados na rotina (corrida, musculação e quem sabe crossfit).

Vida Profissional

Nada muito novo, não tenho muito desafio no meu trabalho, até o mês passado estava animado por resolver problemas de performance no sistema que trabalho mas terminou. Meio que cheguei no ápice na empresa que trabalho, até estava pensando em sair pra ganhar mais em outra mas ainda acho que da pra evoluir algo lá dentro por uns meses e até tentar um aumento de salário pra me motivar, e dependendo dos projetos novos que vão entrar, até pensar em ficar o resto do ano por lá.

No fim de Julho faço 1 ano lá, já acima da minha média por empresa na área de TI.

Minha área é muito baseada em mesmice e repetição, se não temos inovações diretos perdemos o foco e a motivação facilmente, e pra "ajudar" toda semana recebemos oferta de emprego então tudo isso acaba contribuindo para procurarmos algo melhor depois de um tempo, é isso que estou tentando evitar, vamos ver nos próximos meses.

É isso, abraço.

Comentários